Bruno cobra da AGETOP construção de passarelas na GO-070

Usuários do transporte coletivo correm perigo ao atravessar a GO-070 

 

Para chegar ao terminal de ônibus, os usuários do transporte coletivo têm que se arriscar por entre os veículos que passam pelo GO-070, pois faltam passarelas no local. 



O Ministério Público de Goiás se reuniu com as empresas do transporte coletivo, com a Agência Goiana de Regulação (AGR), a Polícia Militar e representantes da Comissão de Usuários do Transporte Coletivo para discutir soluções para evitar os atropelamentos na rodovia. Todavia, a Agência Goiana de Transportes e Obras (AGETOP), responsável por todas as obras de construção e conservação executadas nas rodovias do Estado de Goiás, informou que não tem dinheiro suficiente para a construção de passarelas na GO-070.



O deputado estadual Bruno Peixoto (PMDB) se mostrou indignado com a resposta da Agência e cobra uma resposta imediata. “Quantas pessoas terão que ser atropeladas e mortas para a AGETOP tomar providências? Isso é um desrespeito do órgão com a população”, afirma. 

MAIS NOTÍCIAS
NEWSLETTER
(receba todas nossas notícias)