NOTA À IMPRENSA - Escritório Político

Inaugurado em março de 2015, o Escritório Político do deputado estadual Bruno Peixoto (PMDB), localizado na Avenida Perimetral no Setor Oeste, funciona de segunda à sexta das 7 às 19 horas.

 

O escritório político é uma extensão do gabinete parlamentar, possui sala específica para atendimento à comunidade, cadastro de dados, reuniões e auditório. O local foi criado com o objetivo de oferecer atendimento às pessoas que precisam de orientação e acompanhamento nas áreas: social, jurídica, da saúde e serviços públicos, bem como para receber sugestões para projetos de lei, requerimentos e melhorias para suas cidades, bairros e comunidades. Bruno Peixoto atende à população, no escritório, toda quarta-feira no período matutino e esporadicamente durante os outros dias da semana de acordo com a demanda.

 

Seguindo a previsão legal contida na Resolução 1.118, artigo 1º, inciso 3º, o servidor público, a que se refere este artigo, poderá prestar serviços de natureza interna, externa e nos escritórios de representação parlamentar instalados nos municípios goianos, podendo exercer atividades de orientação, acompanhamento e assistência nas áreas social, jurídica, saúde e serviços públicos.

 

O espaço possui camas de solteiro que são colocadas à disposição de qualquer cidadão que necessitar, inclusive assessores e líderes do parlamentar, os quais residem em outros municípios e têm a necessidade de vir à capital em busca de soluções para as demandas públicas.

 

Ressaltamos, entretanto, que o escritório político não disponibiliza ou fornece qualquer tipo de alimentação, nem para os funcionários, nem para aqueles que utilizam o espaço. Qualquer tipo de alimentação consumida no local é adquirida pelo próprio interessado externamente.

 

O escritório também não possuiu qualquer convênio com municípios goianos e não recebe nenhum tipo de recurso financeiro, de qualquer natureza, oriundo de municípios goianos, estado ou união.

 

Bruno Peixoto não faz qualquer pagamento de despesas inerentes à administração e funcionamento do escritório político que seja ressarcida pela cota para Exercício da Atividade Parlamentar – CEAP, popularmente conhecida como “verba indenizatória”.

 

As despesas fixas para funcionamento do escritório são: aluguel, água, energia e telefonia, todos pagos com recursos próprios. Conforme pode ser comprovados no portal da transparência, em nenhum momento o parlamentar apresentou gastos inerentes a essas despesas. Vale ressaltar que Bruno Peixoto é um dos deputados que menos utiliza dos recursos da verba indenizatória para exercício do mandato. 

 

MAIS NOTÍCIAS
NEWSLETTER
(receba todas nossas notícias)