Bruno Peixoto quer fornecimento de água filtrada em bares e restaurantes

Essencial à preservação da vida e saúde, a água deve ser consumida várias vezes ao longo do dia. Médicos indicam pelo menos dois litros. Para estimular o consumo e evitar que pessoas não bebam água por falta de dinheiro, o deputado estadual Bruno Peixoto (PMDB) apresentou um projeto de lei que obriga bares, restaurantes e estabelecimentos similares a servirem água filtrada de graça os clientes.

 

Nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo a frase “um copo d’água não se nega a ninguém”, já é bem conhecida. Bares e restaurantes das duas cidades já oferecem gratuitamente água filtrada aos clientes independentemente de pedido e pagamento.

 

Para Bruno Peixoto, este projeto de lei atende tanto os direitos dos consumidores quanto o equilíbrio ambiental. “Outra vantagem é a diminuição do consumo de garrafas plásticas, muito usadas pelas indústrias e que poluem o meio-ambiente”.

 

Se a lei for aprovada, todos os bares e restaurantes devem informar em seus cardápios ou afixar em local de ampla visibilidade a seguinte frase: “Este estabelecimento fornece gratuitamente aos clientes água filtrada”. O descumprimento vai gerar pena de multa com valor entre 500 e mil reais.  

MAIS NOTÍCIAS
NEWSLETTER
(receba todas nossas notícias)