Bruno Peixoto quer isenção do pagamento de pedágio para veículos conduzidos por pessoas com deficiência

Motoristas começaram a pagar pedágio para transitar nas BRs 153 e 060, em junho. Apesar dos benefícios, a maioria dos condutores não gostou da cobrança, pois já pagam muitos impostos. O deputado estadual Bruno Peixoto (PMDB), que também é contra a instalação de pedágios em rodovias estaduais, chegou a apresentar projeto de lei, na Assembleia Legislativa, para inibir a cobrança em Goiás, mas não foi aprovado.

 

Nesta semana, ele apresentou novo projeto sobre pedágios. Dessa vez, a proposta dispõe sobre a isenção do pagamento de pedágio, em rodovias do Estado de Goiás, para veículos legalmente adaptados e conduzidos por pessoas com deficiência.  Ele explica que a matéria visa a integração social. “As pessoas com deficiência necessitam de acessibilidade e da garantia dos seus direitos”.


No site deficienteonline.com.br, a Procuradoria Geral da República considera relevante o caráter social deste projeto. “Esse projeto é importante pela correlação entre a previsão e o exercício do direito de ir e vir dos portadores de necessidades especiais, voltando a compensar as dificuldades vividas por esses personagens”. 

MAIS NOTÍCIAS
NEWSLETTER
(receba todas nossas notícias)