Deputado quer auxílio de um salário mínimo para agentes da infância e juventude

O deputado Bruno Peixoto (PMDB) apresentou projeto de lei na  Assembleia Legislativa de Goiás com o objetivo de conceder uma  ajuda de custo de um salário mínimo, denominada Auxílio  Atividade, para agentes de proteção da infância e juventude que  atuam no âmbito do Poder Judiciário. A proposta recebeu aprovação preliminar no ato de sua apresentação e encontra-se em tramitação na Comissão de Constituição, Justiça e redação (CCJ).


Segundo Bruno Peixoto, o trabalho prestado hoje pelos agentes configura serviço voluntário, sem remuneração, mas diante de seu alcance social merece ser compensado financeiramente. “A  concessão do benefício visa amenizar as  despesas decorrentes do exercício desta nobre missão, especialmente  na fiscalização do trabalho infanto-juvenil”, afirma ele.


O deputado destaca ainda que a aprovação da matéria poderá se constituir  em um marco na luta pelos direitos da criança e do adolescentes,  valorizando a cidadania.

MAIS NOTÍCIAS
NEWSLETTER
(receba todas nossas notícias)